Roastbeef

IMG_5547

Um delicioso roastbeef de lagarto, aqui acompanhado de uma salada russa para uma refeição leve e agradável.

Ingredientes, 4 a 6 porções:

1 peça de lagarto, gorduras removidas, 0,7 a 1,2 kg

Ervas aromáticas frescas, como tomilho, orégano, alecrim

Mostarda de Dijon

Grãos de pimenta do reino, quebrados

Um pouco de vinho branco seco

Óleo vegetal

Sal

Preparo:

IMG_5491       IMG_5495

Molhar a carne com o vinho branco. Espalhar mostarda Dijon por toda a superfície. Espalhar a pimenta do reino e as ervas. Não adicionar sal ainda. Cobrir com plástico e refrigerar por uma noite ou, ao menos, 2 horas.

IMG_5520       IMG_5521

Retirar as ervas e temperos com um papel toalha. Passar um pouco de óleo vegetal e sal por toda a superfície. Amarrar com um barbante para conferir ao assado uma forma cilíndrica. Aquecer um pouco de óleo em uma panela ou frigideira e dourar levemente todos os lados.

IMG_5523       IMG_5525

Pré-aquecer um forno a 160 graus C. Assar por uma hora por kg de carne. Se quiser preparar um molho rôti para acompanhar depois, fazer um deglacé do fundo de cozimento da panela com um pouco de vinho branco e água, raspando o fundo da panela com uma colher de pau e reduzindo o molho. Coar em peneira fina e guardar.

IMG_5530       IMG_5541

Após uma hora para 1 kg de lagarto, a temperatura interna no centro do assado chegou a 60 graus C (140 graus F na foto), após descansar por uns minutos. Se quiser mais mal ou bem passado, ajustar o tempo de assar. Esfriar e refrigerar por várias horas. Fatiar finamente, como na foto. Pode-se servir quente também, se desejar, mas não re-aqueça.

Perfeito em sanduíches frios e quentes, como o bauru original ou o clássico french dip, com o molho rôti acima.

Acompanha bem saladas, como a salada russa da foto, salada de batatas ou outras.

Para um condimento adicional, mostarda Dijon ou Colmans inglesa, raiz forte ou maionese. Ou, ainda o clássico molho tártaro, preparado combinando-se partes iguais de maionese e relish de pepinos.

Vinhos: tintos leves e médios, Pinot Noir, Merlot ou mesmo Cabernet Sauvignon, de várias procedências; Gamay, como Beaujolais Villages e crus de Beaujolais. Rosés mais encorpados, como o Santa Digna de Cabernet Sauvignon do Chile. Espumantes brut.

Anúncios

2 comentários em “Roastbeef

  1. […] de roastbeef (receita aqui) com o molho do assado […]

    Curtir

  2. […] Um bom acompanhamento para roastbeef. […]

    Curtir

Os comentários estão desativados.